(51) 3211.2317 (51) 99937.7791
Visite nossa loja!


REFLEXOLOGIA (TERP)

HISTÓRIA DA REFLEXOLOGIA

NO ORIENTE Convém não estabelecer qual cultura descobriu a Reflexologia. Relatos indicam que várias civilizações da Antiguidade como Egípcios e Chineses já praticavam algo parecido com métodos similares a esta técnica.

Esse método de cura existe há pelo menos 2.500 AC, quando os egípcios já demonstravam utilizar tais conhecimentos através de pinturas arqueológicas. Acredita-se que esta técnica tenha sido compreendida mais tarde pelos indianos, que teriam levado esse conhecimento para a China.

Na china, a técnica milenar é aplicada até os dias de hoje. Foram os chineses os mais interessados em desenvolvê-la. Escrituras antigas de origem chinesa detalhavam os conhecimentos sobre este método antigo em relação aos pontos de reflexão encontrados em partes do corpo.

NO OCIDENTE A técnica se tornou conhecida no ocidente através dos estudos de alguns médicos europeus que comprovaram os diversos benefícios oferecidos pela Reflexologia Podal, como os do Dr. P. Nogier, os médicos Adamus e A’tatis, Dr. Willian Fitzgerald, Dr. Joseph S. Riley e a Dra. Eunice Inghan.

Os médicos Adamus e A’tatis escreveram um livro sobre a “Terapia por Zonas”, que foi publicado no ano de 1582. O médico francês P. Nogier se aprofundou na arte da Reflexologia auricular, que trata da pressão em pontos relacionados na orelha. Enquanto o alemão, Dr. Willian Fitzgerald, tratou da Reflexologia Podal.

Fitzgerald e seus colegas desenvolveram um livro com ilustrações dos pontos da Reflexologia Podal no ano de 1917. Dr. Joseph S. Riley trabalhou com Fitzgerald, ele desenvolveu os diagramas detalhados sobre pontos reflexos localizados nas plantas dos pés. Já em meados do século XV países Europeus, como Alemanha e Inglaterra já aplicavam estudos sobre Reflexologia, denominada na época como “terapia de zonas”. E fontes indicam que primitivos da América Central e do Norte também já tratavam suas doenças pelos pés. Mas foi em 1917 que o Otorrinolaringologista, Dr. Willian Fitzgerald, publicou seu livro chamado “Terapia de Zonas”, determinando a posição de órgãos e áreas do corpo nos pés. Seus estudos possibilitaram a outra importante figura na história da Reflexologia, Dr. Joseph S. Riley, desenvolver diagramas detalhados sobre pontos reflexos localizados nos pés.

Entretanto a maior contribuição veio da assistente do Dr. Joseph S. Riley, a fisioterapeuta americana Eunice Inghan. Ela foi responsável por separar os trabalhos sobre áreas reflexas, mapeando os pés como um mapa de todo o corpo. Ela passou a orientar seus trabalhos terapêuticos de acordo com este mapa. Por muito tempo ela complementou todo o conhecimento existente com sua própria experiência. Com isto foi possível aperfeiçoar a teoria dos reflexos dos pés. Este trabalho rendeu dois livros: “Histórias que os pés podem contar” e “Histórias que os pés contaram”.

IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS NOS PÉS QUE CORRESPONDEM AOS ÓRGÃOS E ÁREAS DO CORPO
Com auxílio dos Mapas de Reflexologia Podal é possível identificar regiões e pontos reflexos específicos nos pés, bem como as partes do corpo correspondentes.

A partir dos pontos indicados no mapa podemos estimular determinada área do pé que consequentemente também estimularemos sua área corporal correspondente. Esta estimulação ajuda a aliviar o estresse, a dor e a tensão muscular, entre outros benefícios para saúde. Também conhecida como Reflexoterapia é uma terapia complementar que se utiliza da manipulação dos pés, através de estímulos por pressões nas terminações nervosas em pontos específicos, prevenindo e tratando assim, distúrbios orgânicos e desequilíbrios emocionais.

No início do século passado, a Reflexologia foi introduzida no ocidente pelo Dr. William Fitzgerald. Em seus estudos ele concluiu que se utilizando-se da pressão em pontos específicos existentes nos pés, estimulava o corpo a curar a si mesmo. Mas foi a Dra. Eunice Ingham, considerada uma das maiores autoridades neste ramo da Medicina Natural, que aprimorou essa técnica, ao mapear os pés em relação às zonas e a seus efeitos sobre o restante da anatomia até chegar a produzir nos próprios pés um mapa de todo o corpo.
A Reflexologia atua de forma terapêutica no combate às dores e doenças comuns do nosso organismo, através da pressão exercida sobre determinado ponto de reflexo sobre o nosso corpo. Esses pontos de reflexo podem ser encontrados nas orelhas, nas íris dos olhos, nas palmas das mãos e, na planta dos pés. A Reflexologia Podal, é como denominamos a técnica exercida sobre os pontos de reflexos encontrados nos pés.

BENEFÍCIOS DA REFLEXOLOGIA PODAL

Quando falamos o termo PODAL, refere-se aos pés dos seres humanos.
Esta estimulação também pode ser obtida através manipulação nos pés para fins terapêuticos. E é baseado nesta premissa que poderemos entender melhor o que é Reflexologia Podal.
Conhecida também como Reflexoterapia, a Reflexologia Podal é uma terapia complementar que se utiliza da manipulação dos pés, através de estimulação em pontos precisos (pontos reflexos) encontrados em zonas específicas dos pés para tratamento de distúrbios orgânicos e desequilíbrios emocionais.

Esta terapia parte do principio que todo nosso corpo está representado na zona dos pés. Ponto reflexo nada mais é que concentrações de terminações nervosas. E quando estas terminações são estimuladas através de uma pressão local, uma área do corpo correspondente ao ponto pode ser beneficiada por tal estimulo. Com esta técnica é possível ativar os processos curativos do próprio corpo.

A Reflexologia Podal atua com eficiência na redução do stress e do cansaço, permitindo uma recuperação gradativa do bem-estar. Os estímulos que partes do corpo recebem proporcionam alívio para as dores, tensões e contrações musculares, ativando a circulação sanguínea. O sangue flui livremente pelos vasos evitando desta forma problemas de circulação. Uma melhora no funcionamento de órgãos pode ser obtida através de uma pressão aplicada no ponto reflexo desejado, liberando bloqueios no fluxo de energia na sua zona respectiva.

Através deste método é possível aliviar os mais variados males, como o estresse, angústia, depressão, ansiedade, dores de cabeça, dores nas costas, vista cansada, prisão de ventre, labirintite, asma, gases, hipertensão, inflamações, entre outros. É interessante conhecer um pouco sobre a história e origem da Reflexologia Podal, pois esta prática até hoje é muito utilizada em diversos países, inclusive no Brasil e muitas pessoas puderam comprovar a eficácia deste método para a promoção da saúde e uma qualidade de vida melhor.

A Reflexologia Podal promove diversos benefícios para a saúde e trata de vários tipos de doenças. A técnica é aplicada a partir da pressão sobre pontos específicos dos pés relacionados com as várias partes do corpo. Quando estes pontos são pressionados, o cérebro envia mensagens para as glândulas correspondentes, elas por sua vez, entendem que precisam liberar hormônios benéficos para auxiliar a reparação ou prevenção de determinados órgãos do corpo. Esse processo pode aliviar dores, promover relaxamento ou, curar doenças. O método é natural, porém a Reflexologia Podal possui algumas contraindicações. Pessoas com diabetes, varizes ou gestantes, precisam de aval médico, pois a Reflexologia Podal estimula a circulação sanguínea e pode deslocar possíveis coágulos de sangue presentes nas veias.

A terapia deve ser aplicada por um profissional competente para que se alcance o resultado desejado, portanto certifique-se da capacitação do seu terapeuta, assim você poderá usufruir dos benefícios que a Reflexologia Podal pode lhe proporcionar com segurança. A Reflexologia Podal possui muitos benefícios. Este tipo de terapia pode ser utilizado para tratar ou prevenir muitas doenças, observe algumas delas:

Problemas digestivos e intestinais (azia, má digestão, gastrite, úlcera no estômago, diarréia e prisão de ventre).
Enxaqueca
Tontura
Insônia
Gordura no fígado
Pedra na vesícula
Doença de Crohn
Hérnia de hiato
Gota
Dores musculares
Dores nas costas
Sinusite
Diversos tipos de infecções
Doenças respiratórias (bronquite e asma)
Câimbras
Espasmos musculares
Reumatismo
Tendinite
Estresse
Outros problemas de saúde...

A REFLEXOGIA E O ESTRESSE

O estresse é causador de muitas doenças graves, este sintoma é capaz de afetar a pressão arterial, causar problemas graves ao coração, provocar desarranjos intestinais, dores, problemas no estômago, enxaqueca e muitos outros. Assim, quando tratamos o estresse, reduzimos as chances de ficarmos muito doentes de forma preventiva.

COMO FAZER MASSAGEM NOS PÉS

Seja para andar, para caminhar, correr, ou realizar qualquer outra atividade, sobrecarregamos demais nossos pés. É uma das partes do nosso corpo que menos damos atenção! Por vezes usamos sapatos fechados e/ou apertados, sem ventilação e nem sempre precisamos chegar até o fim do dia para sentirmos dor ou algum desconforto.

A IMPORTANCIA DOS PÉS

Existem em torno de 70 mil terminais nos pés. Com pressão ou calor nesses terminais nervosos, estimula-se o órgão do corpo a ser tratado.

Além de ser a base para nossa sustentação, nossos pés possuem um papel fundamental em nossa saúde.
Cuidar dos pés não é apenas um ato de beleza e vaidade, mas sim de preocupação com a saúde e o bem estar físico. A Reflexologia Podal esclarece que nossos pés possuem uma espécie de mapa e que quando ativados por um terapeuta, alguns pontos conseguem ativar a capacidade que o próprio corpo tem de se curar e promover a saúde. O espacoalternativomc tem profissionais qualificados, para para o bem estar de nossa saùde. para mairesres informações , pelo fone (51) 32112317 ou 99977791 espacoalternativomc@gmail.com